UC-II® COLAGENO NÃO DESNATURADO

DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA
A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência, tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos.

 

Descrição:

O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrado em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartilagem de frango. É fabricado através de um processo de produção patenteado, não-enzimático, à baixas temperaturas, o que garante a obtenção de um colágeno puro, sem alteração molecular, com atividade biológica inalterada.

UC-II® é o único produto deste tipo disponível em doses convenientes de 40mg, uma vez ao dia. Tem estudos publicados que comprovam que UC-II® é duas vezes mais eficaz do que glucosamina + condroitina na promoção conjunta de conforto, mobilidade e flexibilidade das articulações.

 

Mecanismo de ação

Uma das principais doenças relacionadas à cartilagem é a osteoartrite, que afeta as articulações do corpo humano (principalmente coluna, joelho, mãos e quadril), provocando inflamação. Na maioria das vezes acomete pessoas com mais de cinquenta anos e do sexo feminino, mas também atinge homens e pessoas de outras faixas etárias. Um dos diversos fatores que podem contribuir para o aparecimento da osteoartrite é a obesidade, mas traumas ou uso repetitivo das articulações durante o trabalho e a prática de esportes podem ocasionar o aparecimento da doença. A principal proteína estrutural responsável pela tração e firmeza do tecido cartilaginoso é o colágeno tipo II. No caso da osteoartrite, há uma produção exacerbada da enzima colagenase, provocando a quebra da cartilagem, que tem por consequência a inflamação e dor.

UC-II® é capaz de dessensibilizar o sistema imunológico. Desta forma previne o “ataque” auto imune às nossas cartilagens. Por consequência há um bloqueio da inflamação, sem a qual o paciente não apresenta mais o quadro de dor. Quando o organismo não ataca mais exacerbadamente as cartilagens, é reestabelecida a homeostase entre quebra e síntese do colágeno tipo II, devolvendo a mobilidade e o conforto ao paciente, promovendo melhora da qualidade de vida.

1. Desativa a resposta imune contra o colágeno tipo II: Na osteoartrite, o organismo passa a não reconhecer o colágeno (proteína) presente nas articulações. O sistema imune ataca o colágeno e o destrói.

2. Torna o organismo tolerante ao colágeno tipo II presente nas cartilagens: O UC-II® administrado oralmente, ao passar pelo sistema digestivo, é reconhecido pelo organismo e isso dessensibiliza o sistema imune e causa uma tolerância oral.

 

3. A TOLERÂNCIA ORAL DO COLÁGENO TIPO II SUPRIME FORTEMENTE A INFLAMAÇÃO DA ARTICULAÇÃO.

 

Indicações:

UC-II® é indicado para humanos e animais nos casos abaixo, acompanhados de dor e inflamação articular:

  • Artrose e Osteoartrose;

  • Artrite e Osteoartrite;

  • Artrite reumatoide;

  • Poliartrite reumatóide juvenile;

  • Lesão articular;

  • Lesão da cartilagem.

 

Aplicações

  • Ajuda a manter a saúde das articulações;

  • Promove maior conforto das articulações inflamadas;

  • Melhora a mobilidade e flexibilidade das articulações.

 

Podemos afirmar que UC-II® melhora a qualidade de vida do paciente para atividades diárias.

 

Concentração de uso

Para humanos é indicada a concentração de 40mg ao dia.

Para animais é indicado 20mg até 20kg e 40mg acima de 20kg ao dia.

Em relação à animais de grande porte, são recomendadas doses entre 320 e 640mg.

 

Colágeno Não Desnaturado

A maioria das proteínas pode ser desnaturada pelo calor, o que afeta as interações fracas em uma proteína (principalmente as ligações de hidrogênio) de forma complexa. Se a temperatura se eleva lentamente, uma conformação proteica geralmente permanece intacta até que haja uma perda abrupta de estrutura em uma faixa estreita de temperaturas. Essa alteração repentina sugere que o desnovelamento é um processo cooperativo: a perda de estrutura em uma parte da proteína desestabiliza outras partes. Entretanto, as proteínas podem ser desnaturadas não apenas pelo calor, mas por extremos de pH, por certos solventes orgânicos miscíveis com a água, como o álcool ou a acetona, por certos solutos como uréia e cloridrato de guanidínio ou por detergentes. Cada um desses agentes desnaturantes representa um tratamento relativamente brando no sentido de que nenhuma ligação covalente na cadeia polipeptídica é rompida. Os solventes orgânicos, a uréia e os detergentes atuam principalmente promovendo o rompimento das interações hidrofóbicas que estabilizam as proteínas globulares. Os extremos de pH alteram a carga líquida da proteína, provocando repulsão eletrostática e rompimento de algumas ligações de hidrogênio. Os estados desnaturados obtidos por esses diversos tratamentos não são necessariamente equivalentes. Algumas proteínas desnaturadas podem se reorganizar espontaneamente para formar uma proteína biologicamente ativa.

Para evitar a perda da atividade biológica e assegurar a eficácia, UC-II® é produzido usando um processo patenteado de fabricação não-enzimática. Este processo foi validado por um ensaio ELISA muito específico e altamente sensível, que testa a presença de epitopos no colágeno tipo II, tripla hélice, não desnaturado. Outras formas de colágeno tipo II vendidos como suplementos alimentares são desnaturados ou hidrolisados. A sua configuração molecular foi alterada, quer através da química ou de alta temperatura de processamento. Não existem estudos na literatura científica mostrando que colágeno tipo II desnaturado (mesmo que extraído de frango) fornece benefício significante para saúde das articulações. Há, no entanto, um estudo que relata que “colágeno tipo II desnaturado não tem nenhum efeito significativo sobre a incidência e gravidade da doença (artrite)”.

 

Estudos clínicos

1) Eficácia UC-II® superior ao combinado de Condroitina + Glucosamina

 

UC-II® (40mg) mostrou-se duas vezes mais efetivo que 1,5g de Glucosamina + 1,2g de Condroitina na promoção da saúde das articulações, num estudo randomizado duplo cego, conduzido na America do Norte com 52 pessoas com osteoartrite nos joelhos. UC-II® diminuiu significativamente a dor nas articulações, o desconforto e imobilidade comparado ao início do estudo e superou os resultados da combinação de Condroitina + Glucosamina. Foram usadas as ferramentas de avaliação WOMAC (western Ontario MacMaster índex score – mede a dificuldade na função física e dor), VAS (Visual Analog Scale) e Lequesne índex (que são sistemas de avaliação do estado da osteoartrite).

 

 

UC-II® diminuiu significativamente a dor durante as atividades diárias, incluindo caminhadas em superfície plana, tarefas domésticas pesadas, subida e descida de escadas e até em repouso, comparado com Glucosamina + Condroitina.

 

2. Eficácia de UC-II® para o suporte das articulações em indivíduos saudáveis

 

Estudo randomizado, duplo cego e placebo controlado realizado com 55 indivíduos saudáveis, demonstrou que a suplementação diária com 40mg de UC-II® foi bem tolerada e levou à melhora da extensão articular do joelho em voluntários saudáveis. O UC-II® também demonstrou o potencial de estender o período de esforço vigoroso sem dor e de aliviar a dor articular que ocasionalmente surge de tais atividades.

 


                     

 

Estudos de segurança

 

Pesquisas toxicológicas com UC-II® sugerem um potencial baixíssimo de toxicidade. UC-II® mostrou baixa toxicidade oral e tópica em ratos onde:

-> Oral – DL50 > 5000mg/kg

-> Tópica – DL50 > 2000mg/kg

 

  • Estudo de toxicidade subcrônica de 90 dias mostrou que quantidades equivalentes a até 100x a dose humana recomendada eram seguras e sem efeitos adversos reportados, demonstrando um amplo espectro de segurança para UC-II®.

  • Teste com Salmonella typhimurium e Escherichia coli em concentrações acima de 5000mcg/placa demonstrou que UC-II® é não genotóxico e não citotóxico.

  • Testes em linfomas e micronúcleos de ratos confirmaram o potencial não genotóxico de UC-II®.

  • Estudos em irritação de pele e olhos indicaram que UC-II® foi apenas levemente irritante para a pele e moderadamente irritante para os olhos.

  • Pesquisas com cachorros, cavalos e humanos tem mostrado ausência de efeitos adversos.

 

Excipientes indicados

 

Celulose microcristalina, Aerosil, Ácido esteárico e Estearato de Magnésio; para capsulas. Mas UC-II® também pode ser manipulado em outras formas farmacêuticas como shakes e sopas, por exemplo.

 

Referencias Bibliográficas

1. Crowley DC, Lau FC, Sharma P, et al. Safety and efficacy of undenatured type II collagen in the treatment of osteoarthritis of the knee: a clinical trial. Int J Med Sci. 2009;6:312-321.

2. Bagchi D, Misner B, Bagchi M, et al. Effects of orally administered undenatured type II collagen against arthritic inflammatory diseases: a mechanistic exploration. Int J Clin Pharm Res. 2002;22:101-110.

3. Gupta RC, Barnes M, Minniear J, et al. Pain reduction measured by ground force plate in arthritic dogs treated with type-II collagen. Presented at: Society of Toxicology 48th Annual Meeting; March 2009.

4. D’Altilio M, Peal A, Alvey M, et al. Therapeutic efficacy and safety of undenatured type II collagen singly or in combination with glucosamine and chondroitin in arthritic dogs. Toxicol Mech Methods. 2007;17:189-196.

5. Gupta RC, Skaggs P, Stocker A, et al. Therapeutic efficacy of undenatured type-II collagen (UC-II) in comparison to glucosamine and chondroitin in arthritic horses. J Vet Pharmacol Therap. 2009;32:577-584.

6. Nagler-Anderson C, Bober LA, Robinson ME, Siskind GW, Thorbecke GJ. Suppression of type II collagen-induced arthritis by intragastric administration of soluble type II collagen. Proc Natl Acad Sci USA. 1986;83:7443-7446.

7. Marone PA, Lau FC, Gupta RC, Bagchi M, Bagchi D. Safety and toxicological evaluations of undenatured type II collagen. Toxicol Mech Meth. 2010. Epub ahead of print.

8. Burdock Group. Dossier in Support of the Generally Recognized As Safe (GRAS) Status of UC-II® as a Food Ingredient. Internal data, 2009.

 

Localização
Al. Dr. Octávio Pinheiro Brisolla 11-29
Vila Universitária - CEP 17012-191
Bauru/SP

Responsáveis Técnicas
Luciana M. Maciel Trevizani - CRF 15.062
Pamella B. Watanabe Vilani - CRF 59.751