FIBREGUM B®

Fibregum B® é uma fibra prebiótica bifidogênica, purificada a partir da Goma Acácia e extraída do caule e ramos de árvores de Acácia (Leguminosae), que crescem principalmente na região do Sahel, na África.

Fibregum B® é extremamente importante para a proteção, o funcionamento mecânico e metabólico do intestino, modulando a flora intestinal através do efeito bifidogênico e mantendo a função digestiva e imunológica. Um estudo realizado pela Nexira mostrou que a ingestão de  Fibregum B® aumentou significativamente a população da flora intestinal, sendo os resultados mais expressivos em indivíduos com contagem baixa de bifidobactérias inicial. Atua ainda auxiliando no controle do peso, por mecanismo indireto, induzindo a liberação de neuropeptídeos que atuam na sensação de saciedade.

De acordo com um estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition, em novembro de 2009, a fermentação bacteriana dos prebióticos resulta no aumento da secreção de dois neuropeptídeos intestinais (GLP- 1* e peptídeo YY) que aumentam a sensação de saciedade, por modular dois importantes neurônios (Cani PD, et al. 2009). Os neuropeptídeos intestinais inibem o neurônio NPY/ AgRP**, responsável pela ingestão alimentar e estimula o neurônio POMC/ CART***, responsável pela diminuição da ingestão alimentar.

*GLP-1- Glucagon-like peptide-1
**NPY/ AgRP - neuropeptide Y/agouti-related protein
***POMC/ CART (pro-opiomelanocortin and cocaine/amphetamine-regulated transcript)

EFICÁCIA DO FIBREGUM B®

Estudo realizado através do Modelo “Twin-Shim”, um estimulador do ecossistema intestinal microbiano humano, que reproduz fielmente o trato gastrointestinal, incluindo as três diferentes porções do cólon: Cólon Ascendente, Transversal e Descendente. Analisouse a Goma Acácia e o FOS (fruto-oligossacarídeos) na dosagem de 5 g/dia (equivalente a 10 g/dia em humanos). O objetivo do estudo foi avaliar a fermentação prebiótica por todo o cólon e o efeito na atividade intestinal.




Resultado

Fibregum B® promove no cólon transversal um aumento do total de bifidobactérias e bacteroidetes, bactérias consideradas boas para o organismo, além de aumentar a Faecalibacterium prausnitzii

Localização
Al. Dr. Octávio Pinheiro Brisolla 11-29
Vila Universitária - CEP 17012-191
Bauru/SP

Responsáveis Técnicas
Luciana M. Maciel Trevizani - CRF 15.062
Pamella B. Watanabe Vilani - CRF 59.751